Aprovação do estatuto e novas ações da AMB são anunciadas na reunião do Conselho de Representantes

Aprovação do estatuto e novas ações da AMB são anunciadas na reunião do Conselho de Representantes

Diretoria da associação e presidentes das filiadas marcaram datas das novas reuniões em 2021 nesta quarta (11)

A presidente Renata Gil e a diretoria da AMB anunciaram a aprovação do estatuto da entidade e novos projetos do AMB Lab e parcerias da Escola Nacional da Magistratura na reunião do Conselho de Representantes realizada nesta quarta-feira (11). A aprovação do novo Estatuto foi detalhada pela secretária-geral, Julianne Freire Marques, que explicou sobre a nova vice-presidência de aposentados.

O diretor do Laboratório de Inovação da AMB, Ângelo Vetorazzi, falou que os magistrados contam com novo espaço físico do AMB Lab, em Brasília, inaugurado em outubro. Ele ressaltou também a realização do I Fórum de Inovação, Tecnologia e Inteligência Artificial da AMB e apresentou novos projetos como o Ideathon, com inscrições abertas, e outros três que ainda serão lançados, entre eles, um painel de inovação do Poder Judiciário.

A presidente Renata Gil destacou o papel do AMB Lab no processo de transformação da Justiça. “O AMB Lab é o exemplo da magistratura criando as saídas para ela mesma. Então a gente acha que nosso Lab tem esse perfil, de escutar colegas de todo o Brasil e desenvolver soluções para esses problemas”.

O lançamento de cursos à distância na nova plataforma on-line da Escola Nacional da Magistratura foi destacado pelo diretor-presidente da ENM, Caetano Levy, que anunciou novos convênios para cursos de pós-graduação e para a disponibilização de bibliotecas. “A AMB terá a maior bibliotecas do país, com essa parceria de bibliotecas físicas e virtuais”.

O trabalho do Centro de Pesquisas Judiciais foi ressaltado pela presidente da AMB durante o encontro. Renata Gil citou ainda que o Centro de Pesquisas Jurídicas (CPJ) está desenvolvendo estudos com a Fundação Getúlio Vargas sobre o sistema de Varas Empresariais e os impactos durante a pandemia. “De 2015 para cá, nossas pesquisas estão nos bancos universitários e na academia. As pesquisas da AMB são relevantes e conduzem outros estudos”. O CPJ também é responsável pela coordenação do Livro Sistema Penal Contemporâneo e vai selecionar artigos sobre o tema. Interessados ainda podem mandar o material para o e-mail cpj@amb.com.br até 16 de novembro.

O Conselho de Representantes também aprovou as contas referentes aos últimos três meses, apresentadas pela conselheira fiscal Maria Isabel da Silva.

Campanhas e Auxílio-Saúde

Roberto Alcântara, presidente da Amase, tratou do auxílio-saúde e do posicionamento do CNJ sobre o tema que foi debatido pelo vice-presidente de Prerrogativas, Ney Alcântara; e pelos presidentes da Amatra XV, César Reinaldo Offa Basile; da Asmeto, Odete Batista; Amab, Nadir Weber; e pelo coordenador da Justiça estadual, Frederico Mendes Junior.

A reunião do Conselho abordou ainda as campanhas apoiadas pela AMB, como a “Sinal Vermelho” e o telão do TSE; a proposta de teletrabalho que a associação acompanha no CNJ e a pauta sobre a permuta entre os estados. Segundo o coordenador da Justiça Estadual, Frederico Mendes, existe uma PEC sobre a permuta na Câmara dos Deputados que está paralisada aguardando a retomada dos trabalhos da Comissão Especial que hoje tramita apenas assuntos urgentes e relacionados à pandemia.

Clube de benefícios

O novo convênio do clube de benefícios da AMB e a aprovação da reforma do estatuto foram algumas das novidades destacadas pela presidente Renata Gil. O clube de benefícios terá aproximadamente 1.400 parceiros e 17 mil endereços em todo o país. O acesso aos benefícios será feito pelo site ou aplicativo que serão divulgados em breve.

Também participaram da reunião os presidentes e representantes das associações, Adriano Augusto Veiga Seduvim (Amepa), Angelo Antônio Alencar dos Santos (AMMA), Daniel Carneiro (ACM), Danniel Bomfim (Asmac), Felipe Carvalho (Amaerj), Geraldo Dutra de Andrade Neto (Amapar), Getúlio Correa (AMAJME), Gilberto de Medeiros Rodrigues (AMPB) , Giuliano Máximo Martins (Amamsul), Igor da Silva Rego (Amepe), José Carlos Kulzer (Amatra XII), Lana Leitão (AMARR), Leonardo Brasileiro (AMAPI), Luís Márcio Nascimento Albuquerque (AMAZON), Marília Garcia Guedes (Amagis-DF), Nartir Dantas Weber (AMAB), Odete Batista Dias (Asmeto), Orlando Faccini Neto (Ajuris), Patrício Carijo (Asmego), Roberto Alcantara de Oliveira Araujo (Amase), Roberto Dala Barba Filho (Amatra IX), Sostenes Alex Costa de Andrade (Almagis), Tiago Souza Nogueira de Abreu (AMAM), e Vanessa Ribeiro Mateus (Apamagis).

Estavam presentes na reunião integrantes da diretoria da AMB, Jayme Martins de Oliveira Neto (AMB), Alexandre Miguel (AMB), Antônio Cesar Coelho (AMB), Edmundo Franca (AMB), Fernando Cury (AMB), Fernando Bartoletti (AMB), Haydee Aparecida Mariz (AMB), José Herval Sampaio (AMB), Jussara Schittler (AMB), Márcio Joé Tokars (AMB), Vera Lúcia Deboni (AMB) Roberto Luis Felinto (AMB) e Thiago Brandão (AMB).