Saiu na mídia: Justiça em Foco ressalta atuação do CPJ em 2020

Saiu na mídia: Justiça em Foco ressalta atuação do CPJ em 2020

Para o ministro Salomão, o ponto principal foi o centro ter se tornado órgão da AMB

O Centro de Pesquisas Judiciais da Associação dos Magistrados Brasileiros (CPJ/AMB) foi tema de texto publicado na revista eletrônica Justiça em Foco na quarta-feira (3). O CPJ foi elevado a órgão permanente e, assim, passou a integrar a composição orgânica da entidade depois da aprovação da reforma do estatuto, que entrou em vigor a partir do dia 11 de novembro de 2020.

Leia a íntegra.

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Luis Felipe Salomão é o diretor do CPJ e destaca os impactos positivos da mudança. “Agora, o Centro passa a ser perene. A composição pode mudar, mas ele continua como órgão da AMB, isso é muito importante. Gera legitimidade. Nossas ações diante desse cenário têm trazido muita adesão por parte dos juízes. O engajamento vai surgindo naturalmente com os debates e as pesquisas”, avaliou.