Pesquisas

Home // Projetos // Pesquisas

A pesquisa “Métricas de Qualidade e Efetividade da Justiça Brasileira: o Tempo e o Custo de um Processo de Recuperação de Crédito” do Centro de Pesquisas Judiciais da Associação dos Magistrados Brasileiros (CPJ/AMB) propõe um levantamento com autoridades do Judiciário sobre experiência em casos de recuperação judicial e da insolvência. O objetivo é recolher dados para fomentar novas formas de resolução de conflitos.

A pesquisa é coordenada pelo diretor do CPJ, ministro Luis Felipe Salomão (STJ).

A pesquisa será específica para analisar o perfil das mulheres magistradas associadas à entidade. A análise do perfil das magistradas, em conjunto com o mapeamento das janelas de oportunidades de acesso aos tribunais até 2030. O objetivo geral é contribuir efetivamente com dados e subsídios úteis à elaboração de estratégias e providências para aumentar a participação feminina nos cargos mais elevados dos tribunais a curto, médio e longo prazo.

A pesquisa será desenvolvida em duas partes: Parte I – questionário a ser aplicado junto às magistradas associadas à AMB e Parte II – mapeamento e projeção da carreira até 2030, incluindo a análise de perspectivas de equidade de gênero nos tribunais.

A pesquisa é coordenada pelo diretor do CPJ, ministro Luis Felipe Salomão (STJ).

A pesquisa visa diagnosticar o perfil e as condições de trabalho de magistrados e dependentes com algum tipo de necessidade especial ou doença grave com objetivo de implementar medidas efetivas para que os magistrados com deficiência física ou dependentes nesta condição recebam o devido tratamento do Conselho Nacional de Justiça e da administração dos Tribunais. Após articulações da AMB junto ao CNJ, a Resolução 343 de 2020 foi editada. A medida prevê condições especiais de trabalho para magistrados e servidores com deficiência, necessidades especiais e doença grave, ou que tenham dependentes nessa condição.